Latest news

Home
>
BLOG
>
Aprender inglês : muito além das aulas

Latest
news

Aprender inglês : muito além das aulas


Quando o assunto é aprender uma nova língua, alguns pontos relevantes vêm até a nossa mente:

  1. Vou conseguir me comunicar com muito mais gente no mundo?
  2. Terei um diferencial em meu currículo?
  3. Poderei assistir a filmes no idioma original?
  4. Terei acesso a muito mais informações produzidas em inglês?

 

E assim por diante. Cá entre nós, não há ninguém que tenha aprendido uma nova língua e tenha se arrependido disso. Afinal, todo o esforço empregado nessa jornada tem uma grande recompensa: ser reconhecido como falante bilíngue, e isso abre diversas portas.

Mas você sabia que, por trás das aulas e de seu estudo, há um universo gigantesco que envolve todo o conteúdo que é entregue até você por um material didático ou por um professor? Vamos desvendar esse mistério.

Atualmente, com os avanços da linguística e da neurolinguística, sabemos que os ganhos cerebrais e a multiculturalidade propiciados pela aprendizagem de uma língua adicional a nossa língua mãe trazem inúmeros benefícios. E é por isso que, por trás de cada livro finalizado, há pesquisadores, autores, linguistas, revisores etc. engajados na seleção, planejamento e organização de tudo o que será entregue aos alunos:

  • Com qual conteúdo devemos iniciar com as crianças?
  • E com os adolescentes?
  • Como podemos mensurar que o processo de aquisição da língua está sendo efetivo?
  • E quem nos aponta qual vocabulário pertence ao nível básico e quais expressões pertencem ao nível avançado?
  • As crianças devem aprender somente palavras concretas ou já podem ir além nas abstrações da língua?

Pois bem, existem organizações e programas de ensino cujo objetivo é justamente esse: o de mapear as proficiências, de desenvolver programas de ensino e de produzir avaliações confiáveis. Aqui, vamos citar 3 delas.

  1. The Common European Framework of Reference for Languages (CEFR) – Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas

É um padrão internacionalmente reconhecido para descrever habilidades e competências de um aprendiz em um idioma em uma escala de pontos, do PreA1 para iniciantes a C2 para aqueles que dominam um idioma com competência ampla. Isso torna mais fácil para qualquer pessoa envolvida no ensino e teste de línguas, como professores ou alunos, verificar o nível dos alunos em qualquer parte do globo e de diferentes exames internacionais. É uma forma de descrever quão bem você fala e entende uma língua adicional a sua e a divisão desse conhecimento dos alunos em três categorias:

  • A – Proficiência básica, do PreA1, que é o iniciante, ao A2, que é o usuário básico alto;
  • B – Proficiência independente em duas escalas: B1, B1+ e B2;
  • C – Proficiência avançada, do C1 ao C2, categorizando o usuário competente alto.

É por meio desse padrão Internacional que um aluno brasileiro consegue comprovar seu conhecimento em qualquer lugar do mundo, pois a grande maioria das instituições que solicitam comprovação do nível de inglês conhecem o quadro comum europeu.

Para mais informações, visite: International language standards | Cambridge English

  1. PES English

Um programa completo de inglês avançado na escola, responsável por desenvolver a comunicação dos alunos, tornando-os aptos a falar, compreender, ler e escrever em inglês do nível básico ao proficiente, que atua em mais de 270 escolas espalhadas por todo território nacional, formando, através de aprendizado multicultural, cidadãos do mundo.

Para mais informações, visite: PES (pesenglish.com.br)

 

  1. Exames Internacionais e ALTE

Os exames internacionais de proficiência como os da Cambridge assessment English estão no mercado desde 1913 e tem prestígio Internacional, pois são reconhecidas no mundo por diversas corporações, universidades, corporações e órgãos governamentais.

Possui um time especializado em avaliações, as quais são distribuídas aos centros autorizados espalhados pelo Globo. Assim os alunos podem ter uma certificação que atesta o seu nível de inglês. Além disso, existe a ALTE, que é a Association of Language Testers in Europe. Os exames de Cambridge e o PES English são afiliados a essa associação, que promove parâmetros e insumos sobre processos avaliativos a diversas línguas, juntamente com o CEFR – Quadro Comum Europeu.

O PES English é Membro Associado da ALTE – Association of Language Testers in Europe desde 2016, e único no Brasil. Isso nos caracteriza como uma organização com interesse e envolvimento ativo em testes de idiomas, com o intuito de atender a altos padrões de qualidade na avaliação de idiomas. Por meio dessa associação, estamos sempre em contato com as mais recentes pesquisas e relatórios avaliativos de línguas, participamos de webinars e estamos em contato com as mais recentes abordagens avaliativas para aprendizes de línguas.

Os Membros Associados ALTE são listados nesta página em ordem alfabética dentro do país em que estão baseados. Clique no país em questão para ver os Membros Associados baseados naquele país.

Association of Language Testers in Europe (ALTE) – Our Associate Members

 

Sobre a ALTE:

A ALTE é uma associação de provedores de testes de idiomas que trabalham juntos para promover a avaliação justa e precisa da habilidade linguística em toda a Europa e além. Organiza cursos e conferências sobre aspectos de avaliação de línguas e opera um sistema de auditoria de qualidade de exames de línguas europeias.

A ALTE foi fundada em 1989 pela Universidade de Cambridge (Reino Unido) e pela Universidad de Salamanca (Espanha). Hoje, ALTE tem 33 Organizações Membros Plenos representando 25 línguas europeias, bem como 68 Membros Associados, 15 Membros Especialistas Individuais e mais de 800 Afiliados Individuais de todo o mundo.

A ALTE é uma organização sem fins lucrativos e tem status participativo de ONG junto ao Conselho da Europa. Promove e facilita plataformas onde sinergias podem surgir e se desenvolverem ao longo do tempo – sinergias entre aprendizagem de línguas, ensino e avaliação, mas também entre pesquisa, política e prática, e entre territórios geográficos e áreas de especialização.

Ao reunir os diferentes atores na educação de línguas, a ALTE incentiva uma abordagem holística e colaborativa para abordar questões atuais. Por sua vez, essa abordagem ajuda a conectar especialistas e campos que, de outra forma, permaneceriam isolados, e maximiza o impacto de seu trabalho em todo o mundo.

 

Vinculando aprendizagem, ensino e avaliação de línguas

A ALTE defende uma visão integrada de aprendizagem de línguas onde o ensino e a avaliação desempenham papéis fundamentais para o desenvolvimento bem-sucedido de competências linguísticas. Se mal utilizados, os testes podem se tornar o objetivo da aprendizagem e do ensino de línguas e, com muita frequência, também barreiras para o desenvolvimento acadêmico, pessoal e profissional (por exemplo, quando são usados para acesso à universidade ou cidadania). ALTE defende o uso justo de exames de idiomas para ajudar os alunos a progredir na escada do aprendizado, garantindo o impacto positivo da avaliação no aprendizado.

Para mais informações, visite: Association of Language Testers in Europe (ALTE) – Home

Notícias relacionadas

Aprender inglês : muito além das aulas

04 dicas para praticar o inglês em casa

Greetings from PES! Dear Family/Prezada família, Com os filhos em casa, é possível promover a língua inglesa sem precisar viajar ou mesmo ter um falante nativo em casa! Reunimos aqui quatro dicas que podem ser usadas para praticar inglês em casa.

Cathedral Thinking: um conceito para conceber e planejar o futuro de sua escola

A Sagrada Família, cartão-postal de Barcelona, é uma das centenas de igrejas e catedrais impressionantes construídas ao longo de muitas centenas de anos, incluindo a Catedral de São Paulo (1029 anos, Londres), a Catedral de Milão (427 anos) e a Basílica de São Pedro (120 anos, Vaticano).

Outras notícias

Aprender inglês : muito além das aulas

04 dicas para praticar o inglês em casa

Greetings from PES! Dear Family/Prezada família, Com os filhos em casa, é possível promover a língua inglesa sem precisar viajar ou mesmo ter um falante nativo em casa! Reunimos aqui quatro dicas que podem ser usadas para praticar inglês em casa.

Cathedral Thinking: um conceito para conceber e planejar o futuro de sua escola

A Sagrada Família, cartão-postal de Barcelona, é uma das centenas de igrejas e catedrais impressionantes construídas ao longo de muitas centenas de anos, incluindo a Catedral de São Paulo (1029 anos, Londres), a Catedral de Milão (427 anos) e a Basílica de São Pedro (120 anos, Vaticano).

Aluno Bilíngue – Mitos e Verdades

O ensino de/em inglês no Brasil vem se transformando ao longo dos últimos anos, com um expressivo crescimento de programas de inglês avançado e/ou bilíngues e de escolas bilíngues e internacionais.

Aprender inglês : muito além das aulas

04 dicas para praticar o inglês em casa

Greetings from PES! Dear Family/Prezada família, Com os filhos em casa, é possível promover a língua inglesa sem precisar viajar ou mesmo ter um falante nativo em casa! Reunimos aqui quatro dicas que podem ser usadas para praticar inglês em casa.

Cathedral Thinking: um conceito para conceber e planejar o futuro de sua escola

A Sagrada Família, cartão-postal de Barcelona, é uma das centenas de igrejas e catedrais impressionantes construídas ao longo de muitas centenas de anos, incluindo a Catedral de São Paulo (1029 anos, Londres), a Catedral de Milão (427 anos) e a Basílica de São Pedro (120 anos, Vaticano).

Aluno Bilíngue – Mitos e Verdades

O ensino de/em inglês no Brasil vem se transformando ao longo dos últimos anos, com um expressivo crescimento de programas de inglês avançado e/ou bilíngues e de escolas bilíngues e internacionais.

Rua Major Heitor Guimarães, 174
Curitiba – Paraná – CEP: 80440-120
atendimento@pesenglish.com.br

0800-591-2230

2021 © PES English CNPJ: 06.267.630/0011-85

0800-591-2230

2021 © PES English CNPJ: 06.267.630/0011-85